ARTIGO: Pontes e Lacerda em foco

Compartilhe
Publicado em 27 de maio de 2022.

O Estado de Mato Grosso apresenta dimensões territoriais continentais, com uma área de 903.357 Km², somos detentores de 3 biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal a nossa maior riqueza.

Somos economicamente sustentáveis, o nosso PIB (Produto Interno Bruto) está estimado em R$ 142,12 bilhões e o PIB per capita (que é o produto interno bruto, dividido pela quantidade de habitantes de um país), é de R$ 40.787, o sétimo maior do país. (dados compilados do ano de 2019).

Somos, o segundo Estado com mais municípios entre os 100 maiores PIBs per capita do país.

Agora, no quesito acolhimento o nosso Estado é ocncur; recebendo pessoas dos mais diferentes rincões do país, e que em sua grande maioria contribuíram e contribuem, de alguma forma para o crescimento e desenvolvimento do nosso Estado.

Reportei-me ao município de Pontes e Lacerda, localizado a sudoeste do Estado, na Mesorregião 129 e Microrregião 529 – Alto Guaporé.

Por ter passado pela região recentemente e ter me deparado, com um crescimento econômico de cerca de 700% em alguns setores, município este com cerca de 42 mil habitantes.

Nessa ocasião, tive o prazer de conhecer um dos maiores desenvolvimentistas, dessa cidade e região, falo do senhor Marcos da Silva Borges.

Advogado, pai de uma prole considerável 4 filhos, cristão;  encontrou na advocacia o seu porto seguro, e não tirou dela apenas o  sustento, conseguiu através dela,  mesclar  o profissional com  o social, patrocinando uma das maiores carteiras de ações reivindicatórias de aposentadoria de trabalhador rural  e de pessoas com sérios problemas de saúde.

Seu trabalho hercúleo como advogado, rendeu dividendos para o município, pois cada benefício previdenciário concedido judicialmente trazia a independência da família e aumento na renda no comércio local.

Somente na região de Pontes e Lacerda, conseguiu distribuir cerca de 2 mil ações e, com uma conta simples afirmou que já foram empregados mais de R$ 350.000.000,00 (trezentos e cinquenta milhões de reais), nos últimos 15 anos, fruto dos trabalhos advocatícios por ele desenvolvido.

Os trabalhos não param por aí, o mesmo, trabalhou igualmente prestando trabalhos advocatícios na região de Alta Floresta, conseguindo o mesmo êxito alcançado em Pontes e Lacerda e região.

Se eu continuar falando dos trabalhos relevantes desenvolvidos por esse homem nessa região e nas demais regiões do Estado, não mais estarei escrevendo um artigo, e sim, um livro.

Autor: Professor e geógrafo Licio Antonio Malheiros.

Publicar Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *. Preencha os campos

*