Polícia Militar prende quadrilha que falsificava certificados, diplomas e atestados médicos

Compartilhe

GAZETA DIGITAL/Da assessoria

redacao@gazetadigital.com.b

Policiais militares do 4° prenderam na tarde desta terça-feira (9) três homens por estelionato e formação de quadrilha no bairro Mapim, em Várzea Grande. Eles são acusados de falsificar diplomas, atestados médicos, históricos escolares e outros documentos.

Durante ação, os policiais apreenderam R$ 2,521 em espécie, diversos certificados, 22 carimbos, dez cartões de créditos, um notebook, uma impressora e três celulares.

De acordo com o boletim de ocorrências, os policiais do Grupo de Apoio 01 e 03 foram acionados, via Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp), com a informação de que um veículo Hyundai Creta, de cor prata, com queixa de furto, havia sido visto circulando pela Avenida Mário Andreaza.

Imediatamente, os policiais iniciaram diligências pela região e encontraram o veículo próximo ao bairro Chapéu do Sol, ocupado por dois suspeitos. Questionados sobre a denúncia, um dos homens, que se identificou como proprietário do carro, alegou que a queixa era falsa, para fraudar o seguro do veículo.

Durante busca veicular, os policiais encontraram diversos certificados de escolaridade, de cursos técnicos, superiores e atestados médicos no banco traseiro do carro.

A dupla afirmou que atua com a falsificação de documentos, desde a entrega em domicílio ou por envio de encomendas. Durante abordagem, os suspeitos ainda confessaram que estavam levando diversas encomendas para um intermediário.

Os policiais, então, se deslocaram até o endereço informado e realizaram a prisão do terceiro suspeito. No local foram encontrados vários carimbos de unidades de ensino, órgãos federais, estaduais e municipais, além de equipamentos para fabricação dos documentos.

Os suspeitos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Central de Flagrantes para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.

FOTO: Reprodução/PM

 

 

 

Publicar Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *. Preencha os campos

*